CCM-208 - TÓPICOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO (Sistemas Inteligentes na Educação)

 

Sigla: BIS0005-15
TPI: 0-2-2
Carga Horária: 24h
Recomendação: Não há.

Objetivos: Compreender os conceitos básicos e fundamentais da computação, empregar a
computação para a produção de conhecimento científico e interdisciplinar, familiarizar com o uso de diferentes tipos de ferramentas (softwares) computacionais, entender algoritmos e lógica de programação e entender sobre as etapas de simulação de sistemas.

Ementa: Fundamentos da computação; Representação gráfica de funções; Noções de estatística, correlação e regressão; Base de dados; Lógica de programação: Variáveis e estruturas sequenciais; Lógica de programação: Estruturas condicionais; Lógica de programação: Estruturas de repetição; Modelagem e simulação computacional: Conceitos fundamentais; Modelagem e simulação computacional: A ciência na prática.

Bibliografia Básica:
Bases computacionais da ciência / Organizado por Maria das Graças Bruno Marietto, Mário Minami, Pieter Willem Westera. — Santo André: Universidade Federal do ABC,2013. 242 p. ISBN: 987 - 85 - 65212 – 21
FOROUZAN, B.; MOSHARRAF, F. Fundamentos da Ciência da Computação. [S.l.]: 88 Editora Cengage, 2011.
LANCHARRO, E. A.; LOPES, M. G.; FERNANDEZ, S. P. Informática Básica. São Paulo: Pearson, 2004. 288 p.

Bibliografia Complementar:
CHAPRA, S. e CANALE, R. (2008), Métodos Numéricos para Engenharia, 5th ed.: McGraw Hill.
LARSON, R. e FARBER, B. 2a edição. Estatística aplicada. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.
ELMASRI, R. & NAVATHE, S.. Sistemas de banco de dados. São Paulo, Brasil: Pearson-Addison Wesley, 2006.
FORBELLONE, A. L. V.; EBERSPACHER, H. F. Lógica de programação: a construção de algoritmos e estruturas de dados. 3.ed. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

SHANNON, R. E. Systems Simulation: The Art and Science. Prentice-Hall, Inc., 1975 .

Olás,

Esta disciplina busca apresentar em nível introdutório diferentes correntes da psicologia da educação e da neurociência aplicada a educação, apresentando as relações possíveis entre estas duas áreas.

Entre os autores selecionados, serão discutidas abordagens teóricas de Freud, Skinner, Bandura, Bruner, Piaget, Vygotsky, Ausubel, Wallon, Rosenthal& Jascobson, Freire e Souza-Patto.

Cada abordagem estudada, será vista e revista de forma teórica e na medida do possível de forma aplicada/prática. 

O processo de aprendizagem é um processo individual e haverá espaço para manifestações individuais de pontos de vista mas, a construção do conhecimento é um processo coletivo e, o exercício de ouvir e trabalhar com o outro também será fundamental nesta disciplina.